t3

RÁPIDO E FÁCIL: Conheça os 5 tipos de títulos do Tesouro Direto.

No artigo “Cansado da poupança? Veja 4 motivos para investir no Tesouro Direto“, vimos as vantagens que o Tesouro Direto tem em relação a poupança. Agora, vamos nos aprofundar mais um pouco e ver os 5 tipos de títulos do Tesouro Direto disponíveis para o investidor.

Como foi dito no artigo mencionado, quando investimos no Tesouro estamos emprestando dinheiro ao governo. Em troca ele nos dá um documento que nos dá o direito de receber o montante de acordo com o especificado. Este documento é que é o título.

Os títulos são divididos em prefixados e pós-fixados.

Prefixados: sabemos qual será a rentabilidade dele, por exemplo, 12% ao ano com vencimento daqui a 2 anos.

Pós-fixados: não sabemos qual será a rentabilidade, por exemplo, 6% mais a taxa Selic com vencimento daqui a 2 anos.

Vamos então ver os tipos de títulos disponíveis no mercado.


 Prefixados

  • Tesouro Prefixado (LTN): você receberá o valor investido mais a rentabilidade do títtulo na data do vencimento. Se precisar do dinheiro antes do vencimento o Tesouro paga o valor de mercado no momento da venda. Entretanto este pode ser menor do que a rentabilidade. É por isso é aconselhado conciliar o vencimento com o prazo que você quer o resgate.
  • Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F): você receberá os juros a cada 6 meses com incidência de IR no pagamento semestral. No vencimento, recebe R$1.000,00 por uma unidade de título mais o último pagamento de juros semestrais. Se precisar do dinheiro antes do vencimento o Tesouro paga o valor de mercado no momento da venda. No entanto este pode ser menor do que a rentabilidade. É por isso é aconselhado conciliar o vencimento com o prazo que você quer o resgate.

Pós-fixados

  • Tesouro Selic (LFT): o juros é recebido com o principal no momento do vencimento do título. Sua rentabilidade é a variação da taxa SELIC diária entre a data da compra e o vencimento, acrescida de ágio ou deságio se houver. Caso você precise vender antes, o Tesouro recompra o título pelo valor de mercado.
  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B): o pagamento de juros é semestral e sua rentabilidade é composta por uma parcela fixa mais o IPCA, garantindo desse modo a manutenção do poder de compra (variação do índice de inflação IPCA) e pagando a parcela fixa, o que dá uma rentabilidade real igual a parcela fixa. Caso precise vender o título antes do vencimento o Tesouro compra ao preço de mercado, mas a rentabilidade nesse caso pode ser negativa.
  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal): o recebimento dos juros é no vencimento do título junto com o valor investido. Como ele é indexado ao IPCA também garante a manutenção do poder de compra. Caso precise vender o título antes do vencimento o Tesouro compra ao preço de mercado, mas a rentabilidade nesse caso pode ser negativa.

 

Estes são os títulos disponíveis atualmente para investir. Você pode alocar seu capital neles de maneira que satisfaça os seus objetivos e que seja de acordo com o seu perfil de investidor.

Quer saber mais sobre o Tesouro Direto? Não deixe de comentar sobre o que mais você gostaria de saber!

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *