ntn-b

Aposente-se com NTN-B (Tesouro IPCA+)

A NTN-B ou Tesouro IPCA+ é o título do Tesouro Direto que tem a rentabilidade real garantida. Isso acontece porque uma parte do rendimento é prefixada e a outra é a variação do IPCA que é um índice de inflação (Índice de Preço ao Consumidor Amplo).

Este é mais um jeito do governo conseguir dinheiro emprestado da sociedade. Como você deve saber, o Estado é ineficiente pois gasta mais do que arrecada. O governo então emite títulos no qual o comprador recebe na data do vencimento o dinheiro da compra mais o juros. Esse juros que paga é a própria sociedade através dos impostos.

Neste artigo vou explicar como a NTN é um ótimo método para juntar dinheiro no longo prazo. Estes títulos são bons para aqueles que pretendem juntar um bom dinheiro para a aposentadoria.

Investindo em NTN-B

Antes de tudo é preciso saber que existem 2 tipos de NTN-B para investir. A NTN-B e a NTN-B Principal, vamos ver mais detalhes abaixo.

  • NTN-B: neste título você recebe o juros mais a inflação mais o dinheiro investido na data do vencimento;
  • NTN-B Principal: neste título você recebe os juros semestralmente e o dinheiro investido corrigido pela inflação na data do vencimento.

Veja a tabela abaixo do endereço http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-precos-e-taxas-dos-titulos

ntn-b

Observe que na NTN-B Principal você recebe tudo na data do vencimento. Os juros, a inflação e o dinheiro investido, tudo na mesma data. Note também que existem títulos com vencimento para prazo longos (2035). Por esse motivo a NTN-B Principal é bom para a fase de acumulo de capital para a aposentadoria.

Agora veja que na NTN-B você recebe o juros semestralmente, podendo usa-los como renda passiva. Por esse motivo a NTN-B é bom para depois que o capital já foi acumulado. Portanto a NTN-B é bom para depois que você já está aposentado.

Então o que fazer?

Sendo assim, o ideal seria que você fosse comprando NTN-B Principal ao longo da sua fase produtiva. Separe uma pequena quantia da sua renda mensal e vá comprando NTN-B Principal para um vencimento perto da data que você deseja se aposentar.

Pode parecer pouco o que você vai separando por mês mas se você deixar os juros agirem ao longo do tempo vai se surpreender com a quantidade que vai juntar. Já expliquei sobre isso neste artigo.

Quando você já tiver regatado o seu dinheiro pode então investir o dinheiro em NTN-B e receber os juros semestrais. Combinando vários títulos NTN-B com vencimentos diferentes você pode até gerar renda mensal com ele.

O ideal entretanto, é que você deixa para adquirir a NTN-B somente quando precisar da renda que ela vai proporcionar. Para juntar maior quantidade de dinheiro o melhor é a NTN-B Principal. Isso acontece porque nos juros que você for recebendo semestralmente vai pagando imposto de renda.

Na NTN-B Principal você não recebe semestralmente, somente no vencimento do título. Com isso o dinheiro que você pagaria no recebimento semestral fica no montante rendendo juros e você só vai pagar o imposto na data do vencimento do título.

Resgatando antecipadamente

Assim como os outros títulos do tesouro, você pode resgatar o Tesouro IPCA+ antecipadamente. Entretanto nem sempre isso será vantajoso. Vai depender das taxas de juros.

Essa variação do preço dos títulos já foi explicada no artigo o qual falo sobre a LTN. Como o Tesouro IPCA+ tem parte da rentabilidade prefixada a lógica para a variação dos preços é a mesma. Observe abaixo.

  • Quando os juros aumentam o preço dos títulos diminuem;
  • Quando os juros baixam o preço dos títulos aumentam.

Se você esperar até a data de vencimento do título para resgatar o dinheiro pouco importa se os juros vão cair ou subir. Sua rentabilidade foi acordada em um percentual mais a variação do IPCA.

Agora, imagine uma situação em que a inflação comece a subir e por isso o governo decide aumentar os juros para conter o avanço de preços. É exatamente neste momento que você precisa resgatar o seu dinheiro.

Provavelmente você não iria se dar muito bem. Com o aumento dos juros o preço dos títulos ficariam mais baratos e você teria que vender por um valor baixo, perdendo dinheiro.

Isso acontece porque para manter a rentabilidade o preço do título precisa cair. É por isso que na venda antecipada do Tesouro IPCA+ (assim como a LTN) você corre o risco de perder dinheiro.

Resumindo

O Tesouro IPCA+ tem parte da sua rentabilidade prefixada e outra parte indexada ao IPCA, garantindo uma taxa de juros real caso o investidor fique com o título até o vencimento.

O Tesouro IPCA+ é dividido em NTN-B Principal e NTN-B. Na primeira você recebe todo o rendimento na data de vencimento do título. Na segunda você recebe os juros semestralmente e a variação do IPCA mais o dinheiro investido na data de vencimento. Veja o gráfico.

ntn-b
NTN-B Principal
ntn-b
NTN-B

Se você quiser resgatar o dinheiro antes corre o risco de perder dinheiro pois se o juros estiverem aumentando o preço dos títulos diminuem. Com isso você pode vender o título de volta para o governo por um valor mais baixo do que o valor de compra.

Para a aposentadoria o melhor é ir comprando NTN-B Principal com vencimento perto da data em que você deseja se aposentar. Isso é mais vantajoso porque se você receber os juros semestralmente paga IR sobre o recebimento. Se você não receber o juros vai render em cima de juros e você recebe tudo no vencimento ficando com mais dinheiro.

Depois que você se aposentar, então você investe em NTN-B combinando vencimentos para o recebimento semestral de forma a gerar uma renda mensal com os títulos.

Quer saber mais detalhes sobre aposentadoria com Tesouro Direto? Então CLIQUE AQUI!

 

 

5 comentários em “Aposente-se com NTN-B (Tesouro IPCA+)

  1. Olá, gosto muito dos textos que você publica. Se possível gostaria de uma opinião sua sobre aposentadoria. A maioria dos textos que encontramos na internet falam sobre as melhores aplicações para acumular patrimônio ( basicamente Ações, FII e Tesouro Direto ). Não vejo muitos comentários sobre quando já temos um volume de dinheiro razoável para passarmos a viver da renda dele. Podemos, como você mesmo indicou aplicar nos 3 títulos do Tesouro Direto que pagam cupons em meses diferentes: ipca vencendo em 15/08/2050, ipca vencendo em 15/05/2035 e prefixado vencendo em 01/01/2027, dessa forma receberíamos juros dos dias 01 de janeiro, 15 de fevereiro, 15 de maio, 01 de julho, 15 de agosto e 15 de novembro, com a vantagem de no vencimento o principal ser atualizado pelo ipca e ficar como herança para um filho, por exemplo ( exceto o tesouro prefixado, onde o principal não acompanha a evolução do ipca ). Li no seu artigo “Melhor Investimento no Longo Prazo” que você não gosta muito de FIIs para longuíssimo prazo. O que você acha de utilizar a renda dos FIIs como opção de recebimento na aposentadoria ? Mais uma vez parabéns pelos textos …

    1. Olá Guliherme, muito obrigado pelo seu comentário!
      Eu particularmente acho bem interessante receber proventos de FIIs para a aposentadoria. Acho que o investidor DEVE sim ter FIIs. O que eu quero dizer é que para o longo prazo, o FII não bate o rendimento de ações de boas empresas. As ações de boas empresas tem o poder dos juros sob juros. Dos lucros acumulados. Se o investidor tem 20 anos vai se dar melhor investindo um percentual maior de seu capital em ações de boas empresas. O retorno disso no momento da aposentadoria será melhor. Mas se caso o investidor tenha digamos 60 anos. Nesse caso acho que ele pode colocar um percentual maior do seu capital em FIIs a fim de obter uma renda mensal. Mas deve também ter outros ativos, e a carteira de FIIs deve ser diversificada. Espero ter ajudado, e mais uma vez obrigado pelo comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *