aplicar no tesouro direto

Veja 3 Erros ao Aplicar no Tesouro Direto

Uma forma bastante segura de investimento é aplicar no Tesouro Direto. O Tesouro Direto é um dos investimentos mais seguros do mercado.

Isso porque além de serem emitidos pelo governo e garantido pelo Tesouro Nacional, não exigem um grande conhecimento por parte do investidor. Além disso, com R$30,00 já é possível se tornar investidor.

Por ser uma aplicação de renda fixa, muitas pessoas acabam sem perceber alguns pontos importantes. Com isso elas acabam cometendo alguns erros que podem corroer o investimento.

Neste post vou citer 3 grandes erros dos pequenos investidores ao aplicar no Tesouro Direto. São eles:

  • Resgate antecipado do título;
  • Ficar mudando de título a toda hora;
  • Não olhar as taxas cobradas.

Resgate Antecipado do Título

Por se tratar de uma aplicação de renda fixa muitas pessoas acham que não tem como perder dinheiro no Tesouro Direto. Mas na verdade isso é possível sim!

Já expliquei isso no post sobre o Tesouro Prefixado (LTN) e no artigo sobre o Tesouro IPCA+ (NTN-B). Nesses 2 posts explico que ao resgatar o título antecipadamente você pode ganhar dinheiro ou perder dinheiro. Isso vai depender das taxas de juros.

Como muitas pessoas que vão aplicar no Tesouro Direto as vezes precisam do dinheiro antes do vencimento do título por algum imprevisto, elas acabam perdendo dinheiro por não prestar atenção nos juros. Nesse caso o título mais indicado seria o Tesouro Selic, pois ele vai somente incorporando os juros diários da Selic.

Isso mostra que embora o investimento no Tesouro Direto não exija grande conhecimento em finanças é importante saber as características de cada título. E mais importante ainda, comprar os que se enquadram em seu perfil e seu momento atual.

Ficar mudando de título toda hora

Neste caso, o investidor já tem um conhecimento bom das características de cada título. Por isso ele começa a querer ter altos retornos antes do vencimento do título. Assim ele começa a resgatar títulos e colocar em outros.

Em alguns casos pode até valer a pena mudar. Mas é preciso estar muito por dentro do mercado e das expectativas da economia em relação aos juros e a inflação.

Além disso, ao trocar com frequência de título, você está pagando mais taxas de transação. E isso pode corroer o valor que você ganharia com a troca. Neste caso pode nem valer a pena trocar.

E não prestar atenção nas taxas é o terceiro dos erros que vou listar neste post.

Não olhar taxas cobradas

Olhar as taxas cobradas podem aumentar seu retorno. Pagando menos sobra mais pra você. Simples assim!

E neste ponto o Tesouro Direto nos dá uma força. Ele disponibiliza uma tabela com o valor cobrado pelas instituições autorizadas. Você pode acessar ela clicando aqui.

Com essa facilidade não tem porque não pesquisar antes. Assim ficou fácil né!?

Considerações sobre os erros ao aplicar no tesouro direto

Você viu 3 erros comuns das pessoas ao aplicar no Tesouro Direto. Sobre o primeiro, resgate antes do vencimento, acredito que não tenha por que resgatar antes. A maneira de ganhar certo é ficando com o título até a data do vencimento. Se você acha que pode precisar do dinheiro antes do vencimento então compre o Tesouro Selic.

O segundo erro é ficar trocando de título a toda hora. Acho que o Tesouro Direto não é pra ficar operando de acordo com a oscilação dos juros. Se você quer especular com títulos então o melhor é fazer trade com ações.

Sobre o terceiro, de não olhar as taxas, é fácil né. É só acessar o link e ver a tabela com as taxas.

É isso aí, espero ter ajudado. Não esqueça de deixar o comentário. Se quiser saber mais sobre, como escolher a melhor corretora pra operar no Tesouro Direto, quais os melhores título para o seu perfil e momento atual pode clicar aqui.

2 comentários em “Veja 3 Erros ao Aplicar no Tesouro Direto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *